Como ler:

Abertura


Cronologia da Crise:

anterior | próxima

16
29/05/2005

Lula volta de viagem à Ásia. Faz reunião de emergência para discutir formas de controlar a CPI. Fontes do Palácio do Planalto informam: o governo desistiu de tentar barrar a comissão com obstruções e medidas protelatórias. A partir de agora, a estratégia é conter as investigações, restringindo-as aos Correios.

A Folha de S.Paulo publica o editorial “Declínio Ético”:

“O deprimente espetáculo encenado em Brasília na última semana, em torno da instalação da CPI dos Correios, ampliou as proporções do fracasso político do governo Luiz Inácio Lula da Silva e expôs sem disfarces a rarefação ética e o descompromisso moral de muitos daqueles a quem a sociedade confiou a missão de conduzir e zelar pela República. As exceções, por certo – e felizmente – existem, mas saltou aos olhos nesse vexatório processo a combinação de truculência, cinismo e desenvoltura fisiológica empregada pelo executivo em seus desesperados esforços para impedir o inquérito parlamentar.”

Outro trecho:

“Ameaças, ofertas, apelos e chantagens, a tudo se recorreu para evitar que a evidência de corrupção numa empresa estatal fosse examinada por uma CPI. Tamanho empenho, aliado ao desprendimento para assumir os ônus inerentes a uma operação desse tipo, serviu para alimentar ainda mais as suspeitas de que as ‘bravatas’ do funcionário Maurício Marinho são na realidade o fio de uma meada que, trazida à luz, poderá causar sérios danos para o governo e para seus aliados.”

anterior | próxima | início