Como ler:

Abertura


Cronologia da Crise:

anterior | próxima

58
10/07/2005

A Folha de S.Paulo publica entrevista com Robert Lobato, ex-tesoureiro do PT do Maranhão. Ele acusa Delúbio Soares de ter mandado dinheiro diretamente para contas bancárias de militantes do partido, em vez de depositar em contas oficiais dos diretórios do PT. Dessa forma, Delúbio evitava prestações de contas sobre valores movimentados pelo PT. Diz Robert Lobato:

– São comuns depósitos em conta particular de companheiros. Na verdade, trata-se de um artifício do Campo Majoritário, para ajudar apenas os seus candidatos. Esses recursos, dessa forma, não passam pelo partido e não constam da prestação de contas oficial.

O tesoureiro do Maranhão ficou apenas um ano no cargo:

– Saí porque cansei de tanta desfaçatez, dos discursos hipócritas de um partido que faz pior do que o governo anterior e, mesmo assim, ainda tem o cinismo de afirmar que está mudando o país. Mudando para quem? Para os Delúbios da vida?

anterior | próxima | início