Como ler:

Abertura


Cronologia da Crise:

anterior | próxima

128
18/09/2005

O PT realiza eleições internas para escolher a nova direção do partido. O ex-presidente interino, Tarso Genro (RS), não aceitou ser o candidato. Ele se manifestou contrário à permanência do deputado José Dirceu (SP) na chapa do Campo Majoritário, corrente política que abriga, entre outros, Lula, o ex-presidente do PT, José Genoino (SP), e o ex-tesoureiro Delúbio Soares. O novo presidente da legenda, eleito em segundo turno, é o ex-ministro Ricardo Berzoini (SP), do Campo Majoritário. Para ele, “não há divisão, o Campo Majoritário tem uma posição unitária”.

O deputado André Costa (PT-RJ) formaliza o seu desligamento do partido. Vai para o PDT. Justifica a sua saída:

– O desfazimento ético e moral do partido foi definitivo para a minha saída, mas o principal problema foi a perda do ímpeto transformador. O governo Lula não deu uma pista para uma mudança. Poderia ir tocando o barco na economia no primeiro ano, mas sinalizando para um projeto de desenvolvimento nacional. Está provado que esse projeto não existe. Não passou de retórica de palanque.

anterior | próxima | início