Como ler:

Abertura


Cronologia da Crise:

anterior | próxima

370
18/05/2006

A Polícia Federal apreende computadores e documentos no escritório do deputado José Janene (PP-PR), acusado de envolvimento no escândalo do mensalão. Suspeita-se que pessoas ligadas a Janene tenham sido beneficiárias de R$ 5,3 milhões do valerioduto. Meheidin Hussein Jenani, primo e assessor do deputado, movimentou R$ 295 mil em agência da Caixa Econômica Federal de Londrina (PR). O salário dele é de R$ 1.834,00. A maior parte dos depósitos nas contas de pessoas ligadas a Janene ocorreu entre 2003 e 2005, período em que vigoraram as transferências e repasses do caixa 2 do PT.

A mulher do deputado, Stael Fernanda, apareceu como compradora de fazendas em Londrina e Faxinal (PR), e de dois terrenos em condomínio de luxo em Londrina. Num deles, está sendo erguida uma casa de 2 mil metros quadrados de área construída, avaliada em R$ 2 milhões.

Divulgada pesquisa da Market Analysis. O levantamento é realizado desde 1999, em oito capitais brasileiras. Pela primeira vez, a preocupação com a corrupção está entre as grandes questões nacionais. Foi apontada por 19,8% dos entrevistados. Ficou atrás apenas do desemprego, mencionado como o principal problema do país para 32,6% das pessoas.

Na época do impeachment do ex-presidente Fernando Collor, em 1992, a corrupção foi apontada como assunto grave por menos de 5% dos entrevistados. Ficou próxima do patamar das questões ambientais. Os maiores problemas sempre se ligaram ao desemprego, pobreza e violência. Declaração do cientista político Fabian Echegaray, diretor da Market Analysis:

– O resultado reflete a interpretação de parte do público de que a corrupção também atinge seu bem-estar material. As pessoas passaram a fazer a conexão de que a falta de transparência e eficiência do poder público afeta diretamente seu bolso.

anterior | próxima | início