Como ler:

Abertura


Cronologia da Crise:

anterior | próxima

399
16/06/2006

O STF (Supremo Tribunal Federal) abre inquérito para investigar o deputado José Mentor (PT-SP). Ele é acusado de ter recebido R$ 300 mil para excluir do relatório da CPI do Banestado o nome do doleiro Richard Andrew de Mol Van Otterloo. Os trabalhos da CPI, em 2003 e 2004, tinham o objetivo de investigar um esquema de remessa ilegal de dinheiro para o exterior.

A denúncia contra Mentor tem como base depoimento do próprio Otterloo. Ele afirmou ao Ministério Público que entregou o dinheiro e recebeu um disquete com o relatório, para se certificar de que não fora incluído. Do termo de declaração:

“Tal valor foi efetivamente pago em espécie em um flat localizado no bairro do Itaim Bibi, nesta capital, ao intermediário indicado por José Mentor.”

Mentor não comenta o caso. No escândalo do mensalão, Mentor sofreu a acusação de receber R$ 120 mil do valerioduto. Foi absolvido. Suspeita-se que o dinheiro veio de pagamento para livrar o Banco Rural do relatório da CPI do Banestado.

anterior | próxima | início